12 de abril de 2010

Coluna: Música da semana


Título: Suas Mãos

LP: Convite Para Ouvir Maysa nº 3 (1958)


Ando Só Numa Multidão de Amores (1970)


Autoria: Antônio Maria/Pernambuco

Análise:
Suas Mãos é um dos maiores clássicos do samba-canção obra da grande dupla Antônio Maria e Pernambuco, autores de grandes sucessos como O Amor e a Rosa e Canção dos Seus Olhos. Maysa conseguiu captar de imediato a emoção dos versos angustiados e passionais da canção. Suas Mãos é uma das muitas letras que ela eternizou como intérprete, logo se tornou um clássico do seu repertório, sempre associada a ela, Maysa dava o tom perfeito da interpretação intensa e dramática que a consagraria como uma deusa da canção intimista. Sua primeira gravação é de 1958, do álbum Convite Para Ouvir Maysa nº 3. Um disco polêmico e pouco celebrado, porém recheado de grandes sucessos como Conselho, Eu Não Existo Sem Você e a própria Suas Mãos, facilmente alçada á categoria de obra-prima em uma interpretação intensa, passional e muito emocionante, acompanhada de um belíssimo arranjo de piano e violinos. Os versos da letra que parecem clamar por um amor perdido nos remetem a antigas paixões e amores do passado, como se fosse um lamento por um amor que já não está ao nosso lado. A música ganharia uma linda regravação com roupagem suave e moderna no emblemático LP Ando Só Numa Multidão de Amores de 1970. Viva Maysa!

2 comentários:

  1. Surreal

    "Suas mãos onde estão?"

    Adoro!!

    Viva Maysa

    ResponderExcluir
  2. Fico sem palavras diante dessa interpretação lírica e da letra passional desta música!

    Viva Maysa!

    ResponderExcluir